Como poupar ao longo de 24 horas

Para fazer da poupança uma aliada constante e eficaz do seu orçamento familiar, deve pensar nela nas várias etapas do seu dia.
Artigo atualizado a 21-10-2022

Como poupar nos diferentes momentos do dia? As dicas que se seguem aplicam-se a um dia típico de uma família constituída por um casal com um filho, mas a grande maioria das sugestões adequa-se à rotina de qualquer pessoa ou família.

Saiba como poupar em todas as situações do seu quotidiano

7h00 – Toca o despertador

É tempo de se levantar e tomar o banho matinal. Como poupar água? Opte por duches mais rápidos. Antes de entrar na banheira, reserve a água que ainda está a aquecer para outros fins (autoclismo, regar as plantas, etc.). Se não o fizer desperdiçará mais de cinco litros de água. Durante o duche, feche a torneira enquanto se ensaboa.

7h40 – Pequeno-almoço

Faça a primeira refeição do dia em família. Tomar o pequeno-almoço em casa custa-lhe menos de um euro. Numa pastelaria, paga mais de um euro por um copo de leite e cerca de 1,50 euros por um pão com queijo.

8h10 – É hora de levar o seu filho à escola

Carro ou transportes públicos? Existem tarifas especiais para crianças, jovens, pensionistas e reformados. Faça as contas tendo em conta a sua tarifa e avalie o que compensa mais no caso do seu agregado familiar.

8h40 – Ir para o trabalho

Partilhar carro com familiares, amigos, colegas ou conhecidos (o carpooling) pode minorar os seus gastos com transportes. Por exemplo, é possível descer uma fatura de 60 euros mensais para cerca de 20 euros, se partilhar carro com duas pessoas.

9h00 – Chegada ao trabalho

Se levar carro (particular ou partilhado) evite os parques de estacionamento. Se gastar sete euros no parque, quatro dias por semana, gastará mais de 110 euros no final do mês. Tente estacionar em locais permitidos sem parquímetro, mesmo que fiquem mais distantes do local de trabalho.

10h30 – Levar um lanche para meio da manhã de casa

Pode poupar dezenas de euros no final do mês se levar um snack de casa em vez de comprar no café. Uma sandes de queijo preparada em casa e uma peça de fruta ficam-lhe por menos de um euro. Já no café, um bolo ou salgado acompanhado por um sumo, todas as manhãs, podem custar-lhe cerca de 50 euros mensais.

12h45 – É hora de pensar no almoço

Levar a refeição de casa deve ser regra e os almoços fora devem ser exceção. Com esta opção pode poupar mais de 176 euros por mês, tendo em conta um custo médio de oito euros por refeição durante 22 dias úteis.

13h30 – Passa pelo supermercado

Já almoçou e, como ainda tem tempo disponível antes de voltar ao trabalho, vai ao supermercado. Como não vai com fome – uma das regras de ouro das idas racionais ao supermercado – conseguirá evitar tentações desnecessárias. Não se esqueça da lista de compras, à qual deve manter-se fiel, nem dos seus cartões e vales de desconto. Evite aquisições por impulso e esteja também atento às promoções.

16h00 – Lanche a meio da tarde

Aplica-se o mesmo conceito do pequeno-almoço e da refeição ligeira a meio da manhã. Um lanche levado de casa, composto por um iogurte e um pacote de bolachas, por exemplo, fica-lhe por menos de um euro. No café, um iogurte e um bolo custam cerca de dois euros.

18h00 – Pagar as contas

É hora de sair do trabalho e ir buscar o seu filho à escola. Pelo caminho aproveita para pagar as contas da luz e do gás. Se considera que está a pagar demasiado e quer mudar de operador, compare os preços praticados por vários concorrentes de gás e eletricidade. A ERSE – Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos disponibiliza vários simuladores que permitem testar os preços de energia elétrica e gás natural.

19h00 – Ginásio ou correr com os amigos?

Depois de deixar o seu filho em casa com o seu cônjuge, a quem caberá a tarefa de preparar o jantar, tem uma hora para praticar exercício. No dia seguinte, trocam de papéis. A sua opção recai pelo exercício ao ar livre na companhia de amigos, o que lhe permite poupar cerca de 40 euros na mensalidade do ginásio. Para os fãs do desporto indoor e aulas de grupo de ginásio também existem opções low-cost.

19h15 – Preparar o jantar

A norma da sua família é jantar em casa e as idas ao restaurante são exclusivas dos dias de festa. Além disso, a grande aposta são as refeições caseiras, opção mais económica e saudável que as refeições pré-confecionadas ou a comida fast-food. Todas as semanas prepara uma ementa semanal e dá primazia aos produtos da época.

21h00 – Cinema ou teatro?

Apetece-lhe um serão cultural? Investigue se existem opções gratuitas nesse dia. Ir ao cinema à segunda-feira pode sair mais barato. Verifique também se beneficia de alguma condição especial por ser membro, cliente ou sócio de algum serviço específico.

21h15 – Vai de carro ao cinema

Como poupar nos combustíveis? Basta-lhe alterar pequenos comportamentos. Experimente aderir ao combustível low-cost, mantenha a pressão dos pneus nos níveis corretos, modere o estilo de condução e evite o ar condicionado.

21h30 – O pacote certo de telecomunicações

Se ficar em casa a ver televisão, por exemplo, pode ser boa ideia refletir sobre como poupar nas telecomunicações. Faça por ter um pacote de televisão adequado às necessidades do seu agregado.

22h00 – É hora de deitar

Certifique-se que desliga todas as luzes, que devem ser de baixo consumo, e os principais aparelhos da tomada. Fará diferença na conta do final do mês.

Ler mais

Mais sobre

Alimentação , Casa , Poupança

Este artigo foi útil?

Se ficou com dúvidas ou tem uma opinião que deseja partilhar, preencha o formulário abaixo para entrar em contacto connosco.

Torne-se Associado

Saiba mais